Um trabalho de amor


"Estávamos observando cada irmão, que na noite de hoje teve a oportunidade de exteriorizar seu pensamento, suas dificuldades, através do campo mediúnico de cada um. Vocês não podem sequer imaginar, como cada um aqui chega, como daqui sai!

Mesmo aqueles que ainda apresentam seus corações endurecidos, sua razão entorpecida pelas sensações da matéria que abandonou, mesmo estes irmãos saem daqui modificados. Não é só o dialogo fraterno e amoroso, que com eles é mantido, que tem este condão de modificar seus ânimos. Isto seria muito pouco. O que realmente colabora e muito, para esta transformação é o amor que emana do coração de vocês, vibrando em favor daquele que aqui acorre.

Esta energia amorosa, muitas vezes imperceptível, consegue penetrar a couraça dos corações endurecidos, deixando lá no fundo uma pequena centelha para tocar e fazer o amor, que estava latente, iniciar o processo de germinação e assim ser cultivado para amanhã florescer e ajudar seu despertar para uma nova etapa da vida espiritual.

Por isto queridos irmãos, quando esta oportunidade surge, vibrem amor. Enviem ao irmão vibrações de paz, entendimento, fraternidade, equilíbrio, para que possa abrir o coração e ser receptivo às palavras que lhe são dirigidas durante sua permanência na reunião.

Este é um trabalho de amor, de união e de fraternidade!"

Autoria: 
Um espírito amigo - Mensagem recebida em 17/11/2003 por Adriano de Castro Filho ao término de um dos trabalhos de assistência espiritual aos desencarnados