Textos Espíritas


(...)

Por que o homem (...) se sente “atormentado” pelo Cristo?

A resposta é óbvia: é porque deve tomar consciência de sua responsabilidade espiritual diante da Vida, abandonando o “homem velho” pelo “homem novo”, renunciar às paixões em que se compraz, sair do comodismo milenar em que exerce a lei do menor esforço, entregando-se à vivência do “amai-vos uns aos outros”...

Quantos, igualmente, não aderem à Doutrina Espírita por se sentirem “atormentados” pela idéia de que é o homem o construtor do seu próprio destino, carecendo de voltar à Terra, repetidas vezes, para aperfeiçoar-se?!...

Quantos preferem não ter que saber, para não terem que fazer? Esquecem-se de que a ignorância voluntária é a pior das ignorâncias e que é preferível cair, tentando levantar-se, a permanecer para sempre deitados, sem nunca ousar um passo adiante de si mesmos.

livro
Evangelho e Doutrina
Carlos A. Baccelli,
pelo Espírito Irmão José
Casa Editora Espírita Pierre-Paul Didier

Autoria: 
Colaboração: Fernando Peron