De jovem para jovem


Qual é a sua responsabilidade nesta vida e neste planeta? Respirar, comer, dormir, andar? Criaturas, sem ter 1/5 da sua inteligência, fazem isto. São limitadas e apenas cumprem o que lhes for determinado, mas cumprem seu papel.

Não acha isso muito pouco para o potencial de inteligência tão grande contido dentro de você? Ah! Você quer modificar este mundo tão "careta"? Sabe que para isto é preciso muita coragem, disciplina e planejamento, porque senão corre-se o risco de se criar uma situação pior que esta que você acha uma chatice?

Coragem, será que você tem? Coragem mínima seria poder caminhar com seus pés, cuidar de si, mas em todos os sentidos. Cuidar de seu corpo, de sua saúde, de suas idéias, de sua cultura, de seu conhecimento.
Para se ter uma vida melhor, mais tranquila, é preciso que se esteja preparado para ela. Você está? O que tem feito para melhorar e tornar as coisas mais eficientes para você e para os outros? Já passou pela sua cabeça que esta gente careta, que regula ou tenta regular, que tenta fazer sua cabeça, já foi um dia jovem como você?

Já pensou que você tem muito, mas muito mais que milhares ou milhões de jovens que são frutos de guerras desarrazoadas, que não têm explicação, e que se vêem sozinhos, sem ninguém nem mesmo para "pegar em seu pé"? Ah! Você acha que eles é que são felizes? Reflita: o mundo o engoliria em segundos e o devolveria talvez com menos arrogância, mas machucado. Existem meios mais demorados, mas menos doloridos de se chegar a ser feliz e se ter paz.

É o dia a dia. Essa chatice de ter que conviver com sua família. Família é o primeiro teste para você ver se pode conviver com o mundo e vencer. Família é mão na mão, é enxugar as lágrimas, é bater em suas costas e dizer: - Da outra vez dará certo! É a convivência onde cada um aprende com o outro; "todos" têm a ensinar e "todos" têm a aprender. Respeito não é rua de uma mão só. É uma enorme avenida de duas mãos. Só se tem na medida em que se dá. Não é quem mais grita, que mais razão tem! É aquele que com inteligência e com o coração cheio de amor e compreensão sabe expor o que pensa, não pensa só em si, mas no relacionamento com todos para facilitar as coisas. Com mentiras, por pequenas que sejam, não se constrói nada, ao primeiro sopro da verdade, tudo desmorona.

Pense um pouco no que dissemos. Temos em nossa companhia muitos jovens que tentaram outros caminhos que julgaram mais fáceis, e acabaram se desencantando, perderam não só a saúde, a oportunidade da passagem pela Terra, mas perderam tempo, juventude, perderam a esperança. Outros que não quiseram aceitar carinho, não quiseram acatar disciplinas, responsabilidades, perderam uma chance enorme de se sentir úteis, amados e felizes. Não tiveram tempo para poder dizer que o amor que tinham por determinadas pessoas era grande, embora diferente, era grande...

Ser jovem não é fácil, mas é a maior chance que se tem, de se construir uma pessoa boa, maravilhosa e eficiente, como você quer ser um dia. Faça o mínimo, cuide de suas responsabilidades que hoje são poucas, procure executá-las com sabedoria, alegria, eficiência, pois quando as grandes responsabilidades da vida adulta chegarem, você já estará treinado. Não se esqueça de que você um dia será pai ou mãe, e o que você contará para eles? Lute para poder ser o melhor, mas o melhor por inteiro! Todos nós já passamos por isto. Estamos aqui para ajudar, mas ajude-se também. É o mínimo que esperamos de você.

Autoria: 
Texto de autor desconhecido. Colaboração de Ely Teixeira Pinto