Quando os problemas se tornam soluções


Há aproximadamente três anos atrás, no ano de 1997, eu era uma pessoa sem tempo para ouvir a palavra de Deus. Mas eu tinha tempo para ficar em um bar a noite toda, para ir a um baile... enfim, para festas eu tinha tempo.

Um dia as coisas em minha vida começaram a mudar. Perdi o emprego, perdi a casa e não conseguia mais me manter sozinha. Então comecei a beber mais ainda e os amigos que tinha, aos poucos foram se afastando...

Até que um dia resolvi seguir o conselho de uma conhecida que frequentava o Núcleo e fui fazer uma entrevista. Fui recebida por um senhor maravilhoso que me deu toda a atenção e ótimos conselhos.

Saí prometendo mudar minha vida... mas o bar era melhor. Inúmeras vezes vinha ao Núcleo e não via a hora de terminar a palestra para poder voltar ao bar.

Assim vivi durante muito tempo até que os amigos espirituais providenciaram um valioso remédio para que eu pudesse me curar deste vício. Sofri um grave acidente em minha casa, quebrei a perna e fiquei impossibilitada de andar.

No início me revoltei muito, mas nas minhas horas de sono, muitas vezes vi e senti irmãos espirituais a me ajudar.

Além disso, recebia visitas maravilhosas dos irmãos do Paz e Amor. E cada um que me visitava, além de levar amor e amizade verdadeira, ainda me davam notícias dos demais que sentiam minha falta.

Nunca me senti tão amada em toda minha vida. Um amor puro que já havia me esquecido que existia.

Voltei a andar e em 30 de maio deste ano, retornei ao Núcleo para nova entrevista. Reencontrei o mesmo anjo bom que me recebeu da primeira vez quando estava revoltada, alcoólatra, perdendo tudo por causa do álcool.

Nos primeiros dias, minha vontade de retornar aos bares era muita, mas resisti e comecei a "beber" apenas as palavras maravilhosas que ouvia nesta Casa de Amor e Paz.

Hoje, graças a Deus e aos anjos desta Casa, encarnados e desencarnados, estou curada deste terrível vício. Agradeço ao Pai por ter me tirada as vendas dos meus olhos e por ter colocado pessoas tão maravilhosas em meu caminho.

Devemos aprender que todos as dificuldades por que passamos são necessárias para que nosso espírito amadureça. Não devemos nos revoltar contra Deus pois, quase sempre, os problemas que nos afligem hoje, são soluções para nossa vida no amanhã.

Deixo uma mensagem para todos os leitores desse informativo: fiquem longe dos bares pois são nesses ambientes que estão nossos maiores algozes: os vícios.

Até breve, quando voltarei a contar mais maravilhas operadas em minha vida. Obrigada por me lerem. Fiquem com Jesus.

Autoria: 
Maria Aparecida Ferreira