Trabalhando por amor ao próximo


Nos momentos mais difíceis de nossas vidas, quando nossos melhores sentimentos são ignorados por aqueles que amamos, quando nosso esforço e empenho no trabalho não são reconhecidos pelos nossos superiores, enfim, quando tudo que fazemos parece dar errado, eis que nos lembramos de elevar nosso pensamento ao Alto e rogar o auxílio de Deus.

E como forma de ajuda, Deus nos pede que esqueçamos um pouco de nós mesmos, encaminhando-nos para os trabalhos no campo da caridade a fim de que enxerguemos os verdadeiros valores da vida.

Trabalhar em favor do próximo é, sem dúvida alguma, o melhor lenitivo para as nossas horas difíceis, pois começamos a enxergar um outro lado da vida. Trabalhando com dedicação e amor, começamos a ver os bons resultados de nossas ações.

Mas mesmo toda essa dedicação e todo esse amor merecem cuidado e atenção de nossa parte. Diz o ditado que "é dando que se recebe". Quanto a isso não temos dúvida alguma, pois percebemos que sempre que fazemos algo de bom pelo nosso próximo, somos igualmente ajudados pela espiritualidade maior.

Muitas vezes, porém, sem que percebamos, pouco a pouco vamos nos esquecendo do trabalho ao próximo e preocupando-nos apenas com nossa satisfação pessoal.

Trabalhando no campo da caridade, somos recompensados, constantemente, com agradecimentos que jamais recebemos quando trabalhamos profissionalmente. Recebemos dos irmãos aos quais auxiliamos o carinho, o amor e a gratidão que, talvez, jamais nos foram ofertados.

Por vezes, com medo de perdermos todas essas conquistas, protegemos "nosso território" com todas as forças, impedindo qualquer outra pessoa de se aproximar, mesmo sabendo que essa aproximação poderia trazer benefícios para o trabalho. Não é incomum utilizarmo-nos de artimanhas para continuarmos no "poder".

Enfim, tomemos cuidado para que os nossos olhos não se voltem apenas aos nossos interesses, deixando o personalismo tomar conta de nosso coração, fazendo com que esqueçamos o real objetivo a que nos propusemos: trabalhar em favor do nosso próximo, nosso irmão!

Autoria: 
Da redação