Servindo sempre


Nos dias de hoje, com tantos irmãos necessitados, somos chamados a prestar serviços de qualquer natureza, em toda parte e a qualquer hora.

Quanta coisa há por fazer!

Podemos fazer coisas simples ou grandiosas. Podemos ser apenas uma gota no oceano ou fazer toda a diferença na vida de alguém.

Existem inúmeras formas de servir. Podemos ajudar uma pessoa com deficiência visual a atravessar uma rua, dedicar alguns minutos a ouvir as lindas histórias de um idoso, oferecer um ombro amigo a quem necessitar, tratar com carinho e respeito todos à nossa volta (conhecidos e desconhecidos), distribuir sorrisos de alegria e otimismo a todos que cruzarem nosso caminho.

São gestos simples, mas, com certeza, tornarão o mundo melhor.

Qualquer que seja o chamado, devemos atendê-lo com alegria, disponibilidade e a certeza de estarmos fazendo sempre o melhor para quem de nós necessitar.

Devemos servir sempre e agradecer as oportunidades que nos são dadas de dividirmos com os outros o que temos, sejam bens materiais ou, principamente, bens espirituais.

Autoria: 
Rose Fusari Labate - Tema do Curso de Aprendizes do Evangelho/ 2002-2003