Jesus, mensageiro do amor e do progresso


Este mês, estaremos respondendo a um pergunta sobre as vidas anteriores de Jesus.

O tema sobre a possibilidade do Cristo Jesus ter reencarnado em nosso Planeta em outras oportunidades é realmente complexo, palpitante, revertendo-se até de certa dose de natural curiosidade.

Entretanto, nunca é possível sabermos com certeza a identidade de um espírito ao longo de suas reencarnações, a não ser que o próprio o diga. Por isso não devemos nos impressionar com narrativas sobre fulano haver reencarnado como sicrano, e assim por diante. Esse é um bom campo para que espíritos mistificadores aumentem a sua influência sobre nós.

"Jesus foi um missionário e não uma alma sob retificação cármica de existências passadas. O Mestre não era um pecador em busca de sua redenção espiritual no mundo físico, mas Sublime Instrutor em missão de esclarecimento aos terrícolas." (Ramatis).

Pergunta de Carlos Edson Bonino: Sabemos que Jesus é o Governador de nosso Planeta. Jesus reencarnou na Terra tantas vezes assim como nós? Em caso afirmativo, quais personagens poderiam ter sido Jesus em sua ascensão espiritual?

Ao responder a esta pergunta, com o escopo único de não polemizar e muito menos levantar qualquer tipo de dúvida, baseando-nos, tão somente em hipóteses, esclarecemos que:

a) uma vez que a lei da reencarnação prevê que o progresso do espírito é universal e levando-se em conta que a Justiça Divina é perfeita, Jesus, O Sublime Peregrino do Amor, também deve ter caminhado pelas veredas reencarnatórias;

b) se há inúmeras moradas na Casa do Pai e, por consequência, inúmeros planetas nos quais podemos reencarnar dando sequência ao nosso processo evolutivo, pela mesma Justiça Divina, Jesus provavelmente também palmilhou estes caminhos.

Assim sendo, nossa razão nos induz a alicerçarmos nossos pensamentos nas recomendações deixadas por Allan Kardec no sentido de que o bom senso e a lógica deverão estar presentes na análise de qualquer questão, recomendando-nos ser preferível recusar dez verdades do que aceitar uma só mentira!

Como não podemos nos basear tão-somente em hipóteses, seguiremos os ensinamentos do nosso Emmanuel, contidos no livro "A Caminho da Luz" psicografado pelo nosso querido Chico Xavier, que nos diz: Jesus pertence a uma comunidade de espíritos puros, em cujas mãos se conservam as rédeas detentoras da vida e de todas as coletividades planetárias. Para Emmanuel, Jesus, antes da Terra existir, já era um espírito puro, tendo participado da sua formação há bilhões de anos e dos seus escritos depreende-se também, que a sua única encarnação, em nosso planeta, ocorreu na Palestina como o Messias.

A preocupação sobre qual ou quais personalidades possa ter sido um dado espírito, somente é válida quando procuramos estabelecer uma linha de estudo corroborando o processo evolutivo pela reencarnação. Hermínio C. Miranda faz alguns estudos nesse sentido em seus livros da série "Mecanismos Ocultos da História".

Assim como você, leitor, mesmo afirma, que Jesus é o Governador de nosso Planeta, ou seja, responsável pela criação e evolução da Terra, torna-se difícil imaginar que Ele teve a necessidade de reencarnar aqui para seu próprio progresso.

A simples curiosidade é um tanto perniciosa, pois sempre podemos incorrer em mistificações de espíritos que nos passam as informações que quiserem, já que não teremos como confirmá-las. Jesus esteve entre nós, neste planeta há 2000 anos, talvez não pela necessidade de seu próprio progresso, mas sim para poder trazer aos homens meios e informações suficientes para ajudá-los em sua jornada eterna em busca do aperfeiçoamento.

Dúvidas sobre a Doutrina? Envie sua pergunta para o e-mail: divulgacao@neapa.org.br.

Autoria: 
Raphael Rios, Marcial Ferreira Jardim, Hugo Puertas de Araújo e Márcia R. Farbelow