Singela homenagem ao nosso irmão Chico


No Informativo deste mês estaremos prestando uma singela homenagem a nosso querido irmão Francisco Cândido Xavier.

Pequenos episódios, simples relatos, frases de agradecimento, psicografias, minutos de conforto, gestos de admiração, preitos de gratidão e lembranças indeléveis, sedimentados por grande amor a Jesus e ao próximo, fizeram com que esse homem se tornasse um exemplo de figura humana para todos nós.

Nossa intenção é que você, leitor amigo que acompanha este boletim, possa reconstituir um pouco de suas lições, vivenciar o seu dia-a-dia, seus gestos, palavras e exemplos de amor.

É possível que um dia duvidem que Chico Xavier esteve entre os homens, mas quem o visitou e teve a grande oportunidade de estar apenas um momento em sua presença, jamais duvidará que Jesus aqui também esteve e que Deus existe.

Chico Xavier nos ensinou a servir a Humanidade sem perguntar até quando; a progredir sem perder a simplicidade!

Chico Xavier, através de seu exemplo e de seus trabalho mediúnico, em suas 412 obras psicografadas, nos afiança o progresso do Espiritismo, codificado por Allan Kardec.

O PROBLEMA DA FOME

Resposta de Chico Xavier a uma pessoa que, ao observar os necessitados tomando sopa, lhe perguntou: "O senhor acha que um prato de sopa vai resolver o problema da fome no mundo?"

Chico, sem titubear, responde: "O banho também não resolve o problema da higiene no mundo, mas nem por isso podemos dispensá-lo".

Busca e Acharás - Junho de 2000

DUAS IMPORTANTES ORIENTAÇÕES DE EMMANUEL

Emmanuel, nos primórdios da mediunidade de Chico Xavier, deu-lhe duas orientações básicas para o trabalho que deveria desempenhar.

Fora de qualquer uma delas, tudo seria malogrado. Eis a primeira: "Está você realmente disposto a trabalhar na mediunidade com Jesus?"

"Sim, se os bons espíritos não me abandonarem..." - respondeu o médium.

"Não será você desamparado" - disse-lhe Emmanuel - "mas para isso é preciso que você trabalhe, estude e se esforce no bem".

"E o senhor acha que eu estou em condições de aceitar o compromisso?" - tornou o Chico.

"Perfeitamente, desde que você procure respeitar os três pontos básicos para o serviço..."

Porque o protetor se calasse, Chico perguntou:
- Qual é o primeiro?

A resposta veio firme:
- Disciplina.
- E o segundo?
- Disciplina.
- E o terceiro?
- Disciplina.

A segunda mais importante orientação de Emmanuel para o médium foi assim narrada pelo próprio Chico: "Lembro-me de que num dos primeiros contatos comigo, ele me preveniu que pretendia trabalhar ao meu lado, por tempo longo, mas que eu deveria, acima de tudo, procurar os ensinamentos de Jesus e as lições de Allan Kardec e, disse mais, que, se um dia, ele, Emmanuel, algo me aconselhasse que não estivesse de acordo com as palavras de Jesus e de Kardec, que eu deveria permanecer com Jesus e Kardec, procurando esquecer esse seu conselho".

Autoria: 
Da Redação