Os obstáculos fazem parte da caminhada


Emmanuel deixou-nos um grande ensinamento na obra "Coragem", pela psicografia de Francisco Cândido Xavier: "Diante dos obstáculos, ninguém precisa fixar-se no lado escuro que apresentem".

De fato, não podemos perder a esperança e desistir diante dos obstáculos que nos dificultam a caminhada. Pelo contrário, os problemas são importantes para a nossa evolução e estão no caminho de todos. É preciso enfrentá-los com determinação para nos reformarmos e podermos ter a consciência tranquila de que estamos fazendo a nossa parte.

Desanimar é perder tempo e serenidade, o que dificulta, ainda mais, a correção da rota que nos levará à meta proposta para esta encarnação.

Outra lição a ser cultivada é: silenciar sobre os seus obstáculos ou contá-los apenas a pessoas amigas que possam lhe auxiliar com discrição e bondade. Não devemos perturbar os outros com as nossas dificuldades, pois eles também tem seus próprios problemas a desafiar-lhes a confiança e serenidade.

Devemos estar vigilantes às boas palavras pois, segundo Emmanuel: "elas traduzem o nosso apelo - apelo às nossas melhores forças - para que jamais esmoreçamos diante das lutas e provas que nos são necessárias ao burilamento próprio, porque, ainda mesmo quando sitiados em todas as direções, por dificuldade e desarmonia, débito e sofrimento, haverá sempre um caminho de refazimento e libertação que a esperança nos descerra ante a misericórdia de Deus".

Autoria: 
Marilene Ferreira Moraes