Mensagem do Irmão Karl: Descobrindo o nosso potencial


O Irmão Karl está sempre aproveitando as oportunidades para ensinar.

Ainda recentemente, falando sobre o nosso potencial disse que, mesmo sem sabermos, possuimos um manancial positivo muito grande. Muitas vezes não nos damos conta destes nossos valores e não compreendemos porque tantas provas são colocadas em nosso caminho, fazendo-nos passar por momentos tristes e dolorosos.

Para explicar como a Bondade Divina se utiliza destas oportunidades para nos mostrar o quanto já possuímos de virtudes dentro de nós, tomou como exemplo a cana de açúcar.

Quando saboreamos um delicioso caldo de cana, não nos damos conta do "sacrifício" a que a cana é submetida.

O seu caule, muitas vezes já um tanto ressequido, é colocado na moenda que o esmaga, dele retirando todo o seu sumo adocicado. Este processo torna-se necessário para que a cana possa cumprir o seu desígnio de fornecer o delicioso caldo ou transformar-se no mais puro açúcar.

Também nós, para cumprirmos os compromissos assumidos, somos submetidos a diversas provas para podermos eliminar, de nosso interior, os sentimentos inferiores e aprendermos a extrair o que de bom e positivo possuímos.

Assim como a moenda faz com a cana, as dificuldades, os obstáculos e as vicissitudes, quando compreendidas e bem vivenciadas, fazem o mesmo conosco, "esmagando" os nossos sentimentos negativos, fazendo emergir do nosso interior o que de melhor possuímos.

Portanto, antes de reclamarmos, devemos agradecer as dificuldades que vêm ao nosso encontro.

Autoria: 
Anotações de Adriano de Castro Filho