Malhar para o trabalho


Recentemente, em 11 de junho de 2003, nosso amigo espiritual, explicou que nenhum atleta que almeja evoluir na carreira, deixa de praticar, com regularidade e persistência, o esporte que pretende competir para poder se condicionar fisicamente e aprimorar sua técnica. Outros, para assegurarem melhor saúde, matriculam-se em academias para "malhar", realizando exercícios aeróbicos e/ou musculação. Os que não frequentam academias, exercitam-se em locais públicos com caminhadas em ritmo acelerado ou mesmo correndo.

Assim agindo, estão procurando uma forma de melhorar sua performance no sentido de realizar, com melhor técnica e com mais resistência, suas atividades, reduzindo seu cansaço, podendo, desta forma, produzir sempre mais. Aquele que se propõe a trabalhar em uma Casa Espírita, com o objetivo de ajudar aos que a procuram para alívio de suas aflições e angústias deve , também, praticar, de uma forma consciente e constante, seu treinamento para se condicionar e, assim, ir adquirindo mais conhecimento, disposição e ânimo para a tarefa a realizar. Quanto mais o seareiro amplia seus conhecimentos e trabalha, mais tem vontade e disposição de servir.

É preciso que cada um se conscientize da importância deste exercício disciplinado e gratificante que é o estudo e o trabalho. Assim deve ser para poder chegar, ao fim da jornada, sem cansaço, agradecendo ao Pai e pedindo-lhe que não deixe nunca faltar esta abençoada oportunidade.

Autoria: 
Mensagem do Irmão Karl - anotações de Adriano de Castro Filho