Pegadinhas na televisão: buscando a audiência a qualquer preço


Semanalmente a TV exibe um deprimente espetáculo no qual o ser humano é constantemente exposto a situações vexatórias e humilhantes: as pegadinhas, que se proliferam por quase todas as emissoras.

Durante as brincadeiras, quase sempre de mau gosto, é muito comum vermos cidadãos desempregados, atraídos por falsos anúncios de emprego, serem humilhados e constrangidos. Idosos e menores também não são poupados das situações forjadas com o intuito de ridicularizá-los diante de milhões de telespectadores. Em outros casos, fazendo-se passar por autoridades, funcionários das emissoras constantemente intimidam, coagem e, em alguns casos, chegam a agredir pessoas de bem, que muitas vezes desconhecem seus próprios direitos.

Outra infeliz modalidade dessas atrações utiliza casais, buscando tentar seduzir o marido até a iminência da infidelidade conjugal, para em seguida exibir o resultado disso à sua esposa, transmitindo sua reação.

Não se leva alegria ao povo fazendo dele objeto de humilhação. O que a "câmera oculta" verdadeiramente revela é o atraso moral de nossa sociedade, proporcionando-nos um triste entretenimento, baseado na degradação de nossos semelhantes, a quem Jesus nos ensinou a amar.

Somente a valorização, a educação e a moralização do ser humano o habilitarão à verdadeira felicidade. Lembremo-nos disto a todo instante, também diante do televisor.

Autoria: 
Adriano Elias Sgobbi Isaac