As organizações no umbral


PERGUNTA DE DÉCIO MEINÃO: No umbral também há líderes inteligentes. Gostaria de saber se estes líderes umbralinos também organizam encarnações? E que outras influências estes seres podem produzir?

Todos nós interferimos na Terra, por qualquer dos nossos atos e pensamentos.

As lideranças no umbral são da mesma natureza das que encontramos em qualquer agrupamento de pessoas, pois sempre há aqueles que são líderes naturais e aqueles outros interessados em seguí-los. E, como sempre temos o nosso livre-arbítrio.

As encarnações dos Espíritos obedecem, como tudo, a uma lei. É evidente que tudo se fundamenta em uma ordem universal e seria acreditar no caos e na desordem pensar que coisas tão importantes como a programação da vida de um ser imortal pudesse ser feito por entidades sem nenhum compromisso com o Bem, com a lei de Deus. As encarnações obedecem a um projeto divino, mesmo que aparentemente possa parecer o contrário, em algumas situações.

Os Espíritos superiores trabalham em nome do Pai e realizam todas as suas obras, desde os planos mais primitivos até os mais elevados.

É possível que alguns espíritos se organizem para vir à Terra e tentar propagar suas intenções, sejam elas voltadas para o bem ou para o mal.

Por outro lado, o que acontece, via de regra, é que as organizações no umbral sejam agrupamentos momentâneos de espíritos que encontram dessa forma uma maneira de não ficarem sozinhos e de enfrentarem as adversidades juntos. Seria o mesmo que colocar pessoas num ambiente hostil. Logo eles se organizariam para tentar sobreviver.

Deus nosso Pai, nos deu o livre arbítrio, e poderemos ficar ou não envolvidos com agrupamentos de encarnados como de desencarnados.

Guardemos a lição do Mestre Jesus: "Orai e Vigiai".

Dúvidas sobre a Doutrina? Envie sua pergunta para o e-mail: divulgacao@neapa.org.br.

Autoria: 
Márcia R. Farbelow e Hugo Puertas de Araújo