A cura dos problemas em nossas mãos


O pensamento e a conduta de cada ser determina sua evolução espiritual. A vida está pautada na conformidade dos nossos pensamentos. A manutenção de pensamentos elevados e otimistas facilita a disposição para o trabalho e determina uma saúde equilibrada. No sentido oposto, pensamentos pessimistas de inveja, ódio, rancor e ciúme predispõem o organismo a doenças e a depressão.

Pensamentos fixos em idéias perturbadoras e agressivas intoxicam o organismo, desestruturam a cadeia vibratória e enfermam o organismo, como nos ensina o espírito de Joanna de Angelis.

Muitas vezes a cura é processada e não se tem explicação médica científica. Os profissionais da saúde denominam estes casos de "reversão espontânea". Todavia, já está comprovado cientificamente que o estado mental do paciente determinará o grau de imunidade do organismo.

Isto nos leva a pensar que em muitos casos a cura de nossos problemas está nas nossas mãos. É claro que é imprescindível um profissional competente para fazer a diagnose, como também é importante a conduta mental do paciente.

Nem sempre haverá resultados felizes, algumas vezes os processos de enfermidade advém de encarnações passadas, mas sempre que se tiver a conduta mental elevada, se a cura, ainda não puder ocorrer por motivos que escapam a compreensão humana é certo que seus efeitos poderão ser minorados para se obter uma qualidade de vida superior à esperada.

Autoria: 
Diana Ostam Romanini