Declaração de mãe


Filho adorado, amor de minha vida,
Tua presença, tua fala é como canção.
Achega-te a mim, alma querida,
Doce acalanto para o meu coração.

Filho amado, luz da minha vida,
Sem ti nada sou, eu te juro.
No teu coração, minh’alma fez guarida
Espargindo para ti meu amor mais puro.

Desejo imensamente que conquistes a felicidade,
Também que me perdoes por tudo que não te fiz.
Gostaria que do mundo não sentisses a maldade
E fosses definitivamente feliz.

Os meus olhos para ti emanam amor,
Dos meus lábios te envio doces frases.
Tudo faço para de ti eliminar a dor.
Juntos, de tudo seremos capazes.

Desde criança meus braços te envolveram,
Minhas mãos brandamente te acariciaram,
As tristezas minhas se desvaneceram
E nossos corações docemente se entrelaçaram.

Perdoa-me, filho do coração,
Se não consegui do amor enaltecer a beleza.
Agora, nestes momentos de pura emoção,
Se me desculpares, direi adeus à tristeza.

Sabe que a tua felicidade é a minha felicidade,
Que a tua tristeza é a minha tristeza.
Vem querido, quero deleitar-me na tua bondade
E do teu amor ter eternamente a certeza.

Abraça-me, enxuga o meu pranto,
Acaricia-me com tuas doces mãos.
Minha vida longe de ti perde o encanto,
Não consigo viver apartada do teu coração.

Amo-te tanto e aos céus agradeço todo o dia.
Tua presença encanta-me e seduz,
Junto de ti usufruo imensurável alegria
E, de joelhos, só me resta dizer: obrigada Jesus!